domingo, agosto 14, 2022

Rota da contemplação | Ilha das Flores

Alexandra Baptista faz parte dos Urbansketchers Portugal Açores, um coletivo de autores voluntários que tem como principal missão desenvolver o valor artístico e educacional do desenho in situ. Esta sketcher fixa no seu caderno a função documental do quotidiano. A atitude, por vezes, contemplativa amplia o espaço insular que se manifesta em experiências e ensaios que instigam o conhecimento do lugar, porque «a beleza vira-nos a alma do avesso e vai-se embora» Eugénio de Andrade, mas o desenho capta o momento e imprime-o na memória. Será feita a tentativa de implementação de uma prática de desenho in situ como forma de conhecimento, que nos convida a estar e a ver atentamente o que nos rodeia e caracteriza; Propõe uma oficina a todos aqueles que tenham o gosto pela prática de desenho em caderno,  sobre urbansketching e a criação de um primeiro encontro na ilha das Flores.
 

sexta-feira, junho 17, 2022

Vamos desenhar com Alexandra Baptista

 


Alexandra Baptista faz parte dos Urbansketchers Portugal Açores, um coletivo de autores voluntários que tem como principal missão desenvolver o valor artístico e educacional do desenho in situ. Esta sketcher fixa no seu caderno       a função documental do quotidiano. A atitude, por vezes, contemplativa amplia o espaço insular que se manifesta em experiências e ensaios que instigam o conhecimento do lugar, porque «a beleza vira-nos a alma do avesso e vai-se embora» Eugénio de Andrade, mas o desenho capta o momento e imprime-o na memória. Será feita a tentativa de implementação de uma prática de desenho in situ como forma de conhecimento, que nos convida a estar e a ver atentamente o que       nos rodeia e caracteriza; Propõe uma oficina a todos aqueles que tenham o gosto pela prática do desenho e pelo caderno sobre urbansketching e a criação de um primeiro encontro na ilha de São Jorge.

quinta-feira, maio 13, 2021

ALEXANDRA BAPTISTA DESENHA O CENTRO CULTURAL DA CALOURA


A Câmara Municipal de Lagoa, em parceria com o Centro Cultural da Caloura (CCC), realiza uma exposição virtual de desenhos da autoria de Alexandra Baptista, intitulada CCC (a)dentro - Desenhos in situ.
Esta exposição insere-se na comemoração do Dia Internacional dos Museus e pretende, essencialmente, divulgar o Centro Cultural da Caloura nas suas diversas vertentes, através de uma série de sketches.
O olhar da autora incide nas obras patentes no CCC e regista a ambiência do espaço: desde a forma como as esculturas se inserem no jardim, os muros de pedra, estendendo-se à coleção de arte contemporânea que o espaço acolhe, numa simbiose entre a natureza e as obras.
Atendendo à situação epidemiológica, este evento será realizado pela via digital. Deste modo, no dia 18 de maio, às 20h00, no Facebook da edilidade, será apresentado um vídeo com trabalhos realizados pela autora, com registos filmográficos do espaço e com um testemunho da mesma.
Esta exposição será, posteriormente, difundida junto dos estabelecimentos escolares e turísticos, dando a conhecer o CCC pelos olhos de uma artista.
De salientar que, Alexandra Baptista é formada em Artes Plásticas/ Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. É professora dedicada ao ensino das artes visuais e à prática do desenho. Em 2014, participou no primeiro encontro USkPAçores e integrou, no mesmo ano, o grupo organizador. Passou a publicar regularmente em diversos blogues, tornando-se, concomitantemente, anfitriã do (a)Riscar o Património, em São Miguel e foi anfitriã na Sketch Tour Portugal Açores. De ressalvar que, esta será a primeira exposição individual de Alexandra Baptista.
Recorde-se que, o Centro Cultural da Caloura é um ponto de referência de arte contemporânea no contexto arquipelágico. Fundado e gerido por Tomaz Borba Vieira, neste espaço, o visitante pode apreciar diversas obras de uma coleção particular que percorre autores como Cruzeiro Seixas, Eduardo Nery, Paula Rego, Francisco de Aquino, Teixeira Lopes, entre muito outros. A coleção contempla, ainda, um interessante acervo de obras de artistas insulares, como: Canto da Maia, Domingos Rebêlo, Raposo de França, Maria Tomás, Luis França, José Maria França Machado, Urbano, Victor Almeida, Ricardo Lalanda, Maria José Cavaco, Nina Medeiros, entre outros. No que diz respeito à fotografia, o CCC possui um conjunto de diagramas do início do século XX e dispõe, igualmente, de material de consulta sobre os autores das obras expostas e informação cultural e artística.

domingo, maio 02, 2021

terça-feira, abril 27, 2021

'Ilustradoras & Ilustradas' 2021 #02


Uma tarde de conversa com a Beatriz Barrera e a Dulce Xerach numa iniciativa do Salón del Cómic de Santa Cruz de Tenerife, gostei muito desta conversa... deixaram-me em reflexão sobre o sentido do que faço.

sexta-feira, abril 23, 2021

Ilhéu de São Roque

 

A manhã estava linda e a anunciar um grande dia de primavera. Tentei aproveitar ao máximo o exterior e sentei-me no Forno da Cal. Lá em cima a vista para o ilhéu de São Roque (Rosto de Cão) expandiu-se até ao infinito. Apesar do sossego, fui dando conta das pessoas que passavam apressadamente em baixo. Voltou o tempo das restrições e como é fim de semana, às 15:00h todos temos o dever do recolhimento. Estou desejosa que a situação se equilibre e que consigamos ultrapassar este covid...


Santa Clara

 

 

Santa Clara

 


Santa Clara é uma das freguesias do Concelho de Ponta Delgada. A frente marítima modela-se em continúo pela erosão. A encosta precisa de ser reforçada e de ter o mesmo tratamento que o prolongamento da Avenida Marginal em tempos teve. A proximidade dos depósitos de combustivel ao mar  e ao aeroporto conferem ao lugar uma tensão e instabilidade de sensações.